quarta-feira, 7 de abril de 2010

Senador Osmar Dias solta o verbo em cima do PT


Do blog do Zé Beto

Em Brasília, o senador Osmar Dias disse o seguinte sobre a conversarada iniciada pelo deputado Enio Verri, presidente do PT do Paraná:

- Enio Verri foi infantil nas declarações.

- Não é verdade que ele cancelou a reunião para pensar. Telefonou ontem para José Eduardo Dutra, presidente nacional do PT, e perguntou se havia algum avanço nas conversas com os partidos da base do governo que, como prometeu o presidente Lula, vão apoiá-lo se for candidato ao governo. A resposta foi não, assim como a possibilidade de Gleisi ser vice de sua chapa, e não candidata ao Senado, única possibilidade de ser fechar um aliança com os partidos e formar um grande palanque. A resposta também foi não. Por que então fazer uma outra reunião?

- A reunião não foi cancelada. Foi adiada.

- Se houver avanço no que o PDT fala abertamente e foi prometido pelo presidente Lula, haverá novas reuniões para entendimento.

- O PDT se entende com o presidente Lula. O que não acontece com o PT do Paraná, que não se entende.

- Não posso ser tratado como figurante nessa questão com o PT. Se Gleisi Hoffmann afirma que é candidata por decisão do partido dela, eu digo que meu partido quer ela como vice na chapa pois achamos que assim podemos ganhar a eleição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário